04 maio 2005

dia de lavar no rio

era dia de festa. para a miudagem só. para as mulheres era ter de andar quilómetros a pé com uma trouxa de roupa na cabeça e um cesto na mão com a comida muitas vezes ainda por fazer.


foto em

depois era atar as saias e, dentro de água, esfregar a roupa sobre a pedra com sabão azul e branco até não haver nódoa que se visse (alentejanas são mulheres de asseio conhecido) e estendê-la na margem a secar. entretanto preparar a merenda para os catraios e voltar a carregar de regresso o mesmo peso. limpo agora.
para ela, para os primos era o rio. as apanhadas. as escondidas. a voz da tia sempre a controlar, se os perdia de vista.
- tia, olhe que enguia tão grande!
- é uma cobra de água. não é venenosa. mas não lhe toques, mesmo assim pode morder.
ficou a olhar a cobra. tão leve e silenciosa dentro de água. sem guelras nem barbatanas fazia manobras rápidas ondulantes. depois... desapareceu.
- que pena, já se foi!
- as cobras são muito rápidas e espertas. viu-te e fugiu.
claro, como miúda que era, depressa esqueceu a pequena lição.

espero a hora da cobra. a venenosa. agora atenta.

ela há-de aparecer e já não fugirá.

8 passos

Blogger Papo-seco andou...

Povo que lavas no rio...

Bonito retrato

:)

quarta mai 04, 02:52:00 da tarde  
Blogger wind andou...

Gosto destas histórias:) beijos

quarta mai 04, 03:17:00 da tarde  
Blogger paper life andou...

reais.

:)

Bjs

quarta mai 04, 03:22:00 da tarde  
Blogger peciscas andou...

Fizeste recordar passos da minha infância, vivida precisamente no Alentejo.

quarta mai 04, 03:56:00 da tarde  
Blogger paperl life andou...

ajcm, enquanto revivia a minha.

:)

quarta mai 04, 04:26:00 da tarde  
Blogger José Alexandre Ramos andou...

cada vez me surpreendes mais. eu até gostaria de ter algo de errado a apontar, para não parecer que vimos aqui só dizer bem, trocar elogios. mas a escrita é irrepreensível. continuo a insistir que estas memórias muito bem ficavam no papel, nas mãos de imensa gente. madalena, gostas de Manuel da Fonseca? ou Alves Redol? se já os leste entenderás porque pergunto.

quarta mai 04, 04:58:00 da tarde  
Blogger paperl life andou...

José Alexandre, gosto muito, de ambos.

Ainda tive o privilégio de ser amiga do Redol.
Mas daí a ser escritora... deus me ajude!

:)

Obrigada na mesma, claro está.
Bj

quarta mai 04, 05:29:00 da tarde  
Blogger FataMorgana andou...

Vim retribuir a tua visita e gostei tanto de tudo o que li!
Vou voltar mais vezes, por um atalho mais directo :)
Obrigada e um beijo

quarta mai 04, 11:51:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home