25 junho 2005

trova do velho que vai.


agruras da minha terra
que tão maltratada está
já ninguém a reconhece
pelos bons frutos que dá .

quem não ama onde nasceu
nem o ventre de onde veio,
é alguém que se perdeu
e vive agora no meio

de uma enorme confusão
do onde se deita o futuro
se é em macio colchão
ou desnivelado e duro.

minha terra minha gente
peguem no vosso bordão,
que o caminho é sempre em frente
e sem os olhos no chão.




Castelo de Arraiolos Foto Ivo Gomes

se m'animo cantando isto? olhe amigo, nem sei bem. mas é verdade o que canto e isso é o mais que levo de quando o estou a cantar. vivi muito. sofri muito. estes olhos já cansados, digo-lhe, viram demais.

mas quando vos vejo derreados á primeira aflição, dá-me uma raiva tã forte de os ver baços, enfezados, em pura lamentação!

a vida faz-se com luta. com trigo se faz o pão.

vou-me indo. esta disputa já é vossa, minha não
.


6 passos

Anonymous Anónimo andou...

...pois é...O vento cala a desgraça,o vento nada me diz..ando...de que maneira!
Sabes que todos os dias o anonimato e o meu percurso diário de residente suburbana me deixam ...esta gentinha que nos governa,eles não sabem?eles não vêem?
Em seis meses vi a tristeza dos olhares,as pessoas que pedem nos comboios,a pobreza envergonhada que todos os dias engrossa por todo o lado,há desencanto,resignação,infelicidade....fome,de tudo,nem só de pão.
...suicídios(dizem..)em gente jovem,mortes violentas,em gente aparentemente insuspeita...normal...é a crise!Mas que crise?onde,como?o que vão fazer eles?
...não ter confiança em quem me governa?...asta,nunca me lembro de sentir à volta medo,resignação,fatalismo,a meia voz...pagas pelo que dizes e..as paredes voltam a ter ouvidos!!!!não é filme...quem tem padrinho tem tudo...esta gente não tem memória?
A mim não me embalam,vão ter que trabalhar como eu,merecemos mais,muito mais e somos um povo lento mas implacável...não se aprumem....!
...esta disputa é minha,de certeza!
...há sempre alguém que resiste...tens razão...Adriano,eu é que esquecia!!!

sábado jun 25, 10:30:00 da tarde  
Anonymous Anónimo andou...

esqueci-me de assinar
isabel

sábado jun 25, 10:32:00 da tarde  
Blogger paperl life andou...

Eu assino e não esqueço.

Obrigada Isabel.

sábado jun 25, 10:57:00 da tarde  
Blogger wind andou...

Belo post:) bjs

sábado jun 25, 11:43:00 da tarde  
Blogger adesenhar andou...

:)

domingo jun 26, 12:17:00 da manhã  
Blogger batista filho andou...

Palavras fortes... como o desabafo de Isabel.
Mas pelo cantar, subentendo que o cantor não desistiu, apesar de dizer "vou indo. essa disputa já é vossa, minha não." Isso me soa mais como uma reprimenda aos acomodados: "mas quando vos vejo derreados á primeira aflição, dá-me uma raiva tã forte de os ver baços, enfezados, em pura lamentação!"
Cá pra nós, quanta determinação nas palavras - "a vida faz-se com luta. com trigo se faz o pão."

quinta jun 30, 01:39:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home