16 maio 2005

hoje não tenho memórias ou ideias, só cansaço

e trabalho parado sem eu sequer querer que seja assim.

detesto tudo o que foge ao meu controle.

particularmente hoje em que parece tudo querer fugir.

acordei a pensar em moínhos de vento.

de uma vez quis comprar um já em ruínas e fazer dele casa. uma casa redonda. para círculo de amigos e pão quente na mesa. música suave, sempre música.

proibiram a venda de moínhos.

mas os estranjeiros compraram. não entendi.

hoje não entendo nada nem me esforço.

fim de semana com ruído de bola a mais. até a cadela se enervou.

viva o benfica pois!

mas telejornais, jornais, caramba, cansa!

o meu moinho sonhado e comprado a meias com o amigo que morreu, hoje é de um inglês...



thanks to

pois, como é que a pensar nisso eu consigo escrever?

se ao menos me deixassem trabalhar...

estou triste e tenho sono.

talvez mais tarde ou nunca mais.

é segunda feira. nada ajuda.

4 passos

Blogger wind andou...

Nada ajuda mesmo. Gostei do que escreveste. É como me sinto hoje também:((( Beijos

segunda mai 16, 12:05:00 da tarde  
Blogger Papo-seco andou...

:)

segunda mai 16, 12:19:00 da tarde  
Blogger José Alexandre Ramos andou...

navegamos nas mesmas águas.

segunda mai 16, 12:20:00 da tarde  
Blogger André Ferreira andou...

Vê se te animas! Essa história dos moinhos vendidos só a estrangeiros é que defacto é estranha. Qual a explicação para isso?

Ruído da bola! Tanto que ontem acordei com músicas do benfica na cabeça, um horror!

Tem uma boa semana,

Muito beijos

segunda mai 16, 12:34:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home